LG VAI LANÇAR TV COM RECONHECIMENTO DE MOVIMENTO E DE VOZ

Recursos como o Kinect e o Siri estão fazendo escola entre os fabricantes de tecnologia. A próxima fabricante que promete oferecer produtos com um sistema de reconhecimento de movimento e voz é a LG, que revelou como lançamento futuro o controle remoto Magic Motion.


                                      Controle Magic Motion da LG é capaz de reconhecer gestos e voz (Foto: Divulgação/LG)





O Magic Motion tem previsão de chegada ao mercado para o primeiro trimestre de 2012, e será compatível com os futuros lançamentos da empresa na linha 3D Smart TV. O objetivo do periférico é simplificar o controle das principais funções da TV, utilizando o controle de gestos e o reconhecimento de voz para troca de canais, controle de volume, ligar e desligar a TV e controle de recursos e especificações técnicas.

Os recursos de reconhecimento de voz e gestos também poderão ser utilizados para, por exemplo, fazer a busca de eventos nos canais disponíveis. Na prática, o seu “zapear de canais” vai se transformar em um simples comando de voz. Quando você falar a palavra-chave, o canal é mudado automaticamente. Ao encontrar o programa desejado, é só utilizar o controle remoto para confirmar a escolha.
Além disso, o usuário pode acionar o recurso de busca de vídeos fazendo a letra “V” diante da TV, e acionar o recurso 3D através de um simples botão. Outra característica importante é que esse novo controle da LG não possui aquela infinidade de botões, que acabam afastando os usuários mais idosos, ou aquelas pessoas que não gostam de ler o manual de instruções do produto. Ele vem com os botões essenciais e a “wheel”, um disco de seleção no estilo da Click Wheel dos modelos clássicos do iPod. Ao todo, são menos de 10 teclas físicas no controle.
Segundo a fabricante, já existem 1.200 aplicativos para as TVs conectadas da LG, incluindo acesso a serviços online, redes sociais, visualizar coleções de arte (!) e até mesmo fazer doações para caridade pela televisão. Além disso, a LG 3D Zone oferece (óbvio) conteúdo em 3D e converte filmes 2D para 3D.
A nova geração de TVs a ser lançada na CES – todas com a tecnologia Cinema 3D (que usa óculos passivos) – virá com a plataforma Intel Wireless Display (WiDi) integrada, para conexão de TVs e PCs sem usar cabos ou a rede Wi-Fi.
Fonte:Techtudo e Ztop
Comentário: 
Este é futuro dos eletrônicos comandos múltiplos tanto por gesto, como físico, quanto por voz, ou até pelo olhar ou pensamento. Vamos nos libertar um pouco do mundo físico definitivamente,creio que o principal problema das novas tecnologias é o aspecto cognitivo das interfaces, vejo que muitos usuários de dispositivos móveis que possuem tela touchscreen sentem-se desconfortáveis com a interface de toque, talvez não seja tanto pela falta de sensação táctil, mas sim pela falta de clareza das interfaces desenvolvidas deixando o usuário mais irritado e confuso do que com os clássicos botões, não é raro ver alguém se batendo para adicionar um novo contato nas interfaces touch, que no modo clássico consegue fazer mais rápido com precisão em menos da metade do tempo. A evolução agora não é a tecnologia, é o aspecto como qual nos relacionamos com ela. 

CONTROLES A DISTANCIA PARA TVS E CELULARES PODEM CHEGAR JÁ EM 2012


Se a substituição de botões pela tecnologia das telas sensíveis a toque ainda é uma novidade muito recente para você, o que pensar dos aparelhos que podem ser controlados de longe – e sem o uso de um controle remoto?
A empresa israelense XTR3D está trabalhando em uma nova forma de controlar seus aparelhos favoritos: a partir de gestos feitos pelo consumidor e recebidos via captura de movimentos. Assim, basta fazer com que uma TV reconheça a palma de sua mão, por exemplo, para que você troque de canal, aumente o volume ou desligue o aparelho com gestos bem simples, como se você estivesse controlando um mouse.
Os desenvolvedores já estavam trabalhando em jogos simples que utilizam essa tecnologia, no mesmo estilo do Kinect, porém com câmeras que capturam apenas em 2D. Com isso, é possível reproduzir o mesmo efeito de captura e reprodução de ações do corpo com uma webcam ou uma máquina fotográfica digital, por exemplo.
A XTR3D recebeu um investimento de cerca de US$ 8 mil (quase R$ 15 mil) de algumas gigantes multinacionais (como a Texas Instruments) para trabalhar na área de televisores e celulares. A competição deve ser acirrada, já que o Kinect vai ganhar uma versão para PC e a Apple estaria desenvolvendo uma tecnologia similar. A melhor notícia disso tudo? De acordo com a BBC, o primeiro smartphone que não precisa de toques para funcionar pode chegar já em 2012.

Fonte: Tecmundo



ECOPAD TABLET CONCEPT






O comprimido Ecopad não é um ordinário dispositivo 'verde'. Na verdade, este tablet oferece algo que nenhum outro tablet pode reclamar - ele não requer carga externa de qualquer tipo. Isto significa que não precisa de desajeitados  adaptadores de energia ou temendo interrupção de uso. O segredo por trás da Ecopad é um nano filme piezoeletricidade que coleta energia de cada toque e passe na tela. Você está pronto para um vislumbre do futuro da eco-friendly comprimidos?

Alimentado por um Android Honeycomb ou Chrome OS, o conceito tablet Ecopad vem da mente criativa de Jun-SE Kim, Do Yonggu e Seo Eunha. Como o diagrama indica, a ardósia incorpora uma abordagem de quatro camadas: Painel LCD, o nano filme piezoeletricidade, componentes da bateria e principal. O conceito, embora simples, é bastante notável: quanto mais você usa o display, o mais energia da bateria aumenta.

Agora, se pudéssemos ver o nano filme piezoeletricidade trabalhando em alguns conceitos de celular O Senhor sabe que todos nós poderíamos usar uma bateria interminável em nossos smartphones. Estou certo?

Comentário:
Já fiz várias proposta para produtos pzoelétricos, porém parece que a tecnologia ainda é promissora porque de fato a anos eu a vejo sendo noticiada, mas  como tecnologia de mercado nunca vi aplicada em um produto comercial. Vamos esperar mais quanto tempo para ver?

JULIANA BUSO E O CENTRO DE DESIGN DO IF DESIGN AWARD & DESIGN HOJE: FERNANDO BINI E CONVIDADOS - CHARNEIRA 2011





Nesta sexta (07/10/2011) tivemos o último dia da Charneira 2011- Nós com eles/Nós sem eles.




PRÊMIO IF - CENTRO DE DESIGN

A palestra proferida por Juliana Buso mostra sua atuação dentro do Centro de Design Paraná que atua em âmbito nacional como prestadora de serviços de desenvolvimento para indústria ao governo federal. Como coordena o design dentro do centro como ferramenta de estratégia para a indústria - explica Juliana Boso - diz que o Brasil se tornou realmente o centro das intenções internacionais. "No centro  de design não tem rotina diferente do escritório de design". Ainda comenta que o centro foi o primeiro a orientar as necessidades da indústria em âmbito nacional, a área utiliza metodologia da Dansk Design Center em classificar as empresas em quatro níveis que eles chamam de degraus: 1. Degrau: São empresas que não tem design, e não sabem o que é design. No 2.Degrau: São empresas que utilizam do design como estilo, para simplesmente vender produtos. 3. Degrau: São empresas que utilizam o design como processo. 4. Degrau: São empresas que utilizam o design como ferramenta estratégica de gestão.

"No Brasil temos grandes marcas globais que não são tão conhecidas no Brasil e em partes do mundo." - Juliana Boso.

MESA REDONDA: DESIGN E O HOMEM COM MARCOS BECCARI & ILUSTRAÇÃO EDITORIAL COM JOSÉ AGUIAR - CHARNEIRA 2011



DESIGN E O HOMEM

Nesta quinta-feia (06/10/2011) tivemos a participação de Marcos Beccari como mediado dessa mesa redonda, com a participação da psicóloga Ana Beatriz Guimarães pela PUCPR, Cauê Kruger formando em antropologia pela PUCPR e o professor formado em filosofia pela PUCPR, Haroldo de Paula. Seguem as sinopses descritas durante o evento.


Na relação entre o homem e o mundo  através do design, onde o artefato se liberta de sua condição funcional para criar significados, como o homem traduz  através do design? No Brasil, o design é um modelo importado europeu, segundo Alexandre Wollner e considera o design nacional sem significados e critérios, diante desses dilemas como podemos encarar o fator cultural em nossa sociedade? Qual é a visão da filosofia, da psicologia de antropologia.

PAPO D: MONKEY BUSINESS COM MARCO FRANZOLIM & MESA VERDE COM BERNADETE BRANDÃO - CHARNEIRA 2011



O Papo D - Qual o limite da atuação do designer?  Foi realizado pelos associados da Pró Design nesta quarta-feira (05/10/2011) levanta algumas discussões do design, com vários profissionais presentes:



O mercado onde vocês irão atuar é onde o design está misturado com outras áreas confundido com outras mídias, tudo virou comunicação onde iremos trabalhar? Num escritório, numa agência, num stúdio? Se faz muita diferenciação de cada ambiente, essas nomenclaturas só existem porque a gente quer, pois hoje está tudo junto e misturado.

O que o design precisa é uma idéia, a vezes a gente esquece esse nosso potencial, todos tem que estar unidos pela idéia.  Por exemplo, o hotel Emiliano criou um livro diferente aos seus hóspedes, nele demonstravam um caso real que um cliente que deixou cair um iPod no corredor do hotel e quando o hospede voltou o seu iPod estava na cama com uma caixa de chocolates ao lado. O livro tinha uma idéia diferente em algumas páginas elas estavam fechadas, para abrir as páginas bastava pegar o cartão que estava no começo do livro passar entre as páginas e então as histórias como essa do hotel eram reveladas. Se a gente quiser podemos fazer de tudo através da experiência.

A MORTE DA APPLE - STIVE JOBS: FICA O SÍMBOLO MORRE A LENDA

STAY HUNGRY, STAY FOOLISH

TEC DESIGN - MESA REDONDA: PRA QUEM E PRA QUÊ? CHARNEIRA 2011




Nesta terça-feira (04/10/2011) no segundo dia de Charneira 2011 prestigiamos a palestra da Tec Design.


David Santos abriu a palestra falando sobre a interdisciplinaridade do design a introdução a metodologia que eles desenvolveram utilizando o mesmo processo para diferentes projetos e áreas.

Os requisitos desejáveis para qualquer projeto são: Inovação, Valor percebido e Satisfação do Cliente. Outros requisitos são a funcionalidade e ergonomia que devem estar intrinsico a qualquer produto. Outro item importante na atualidade é a sustentabilidade  cada vez mais frequente  e qual o valor que o cliente entende nisso - comenta.

"Valor percebido é isso que você precisa agregar e que o cliente perceba rapidamente sendo um dos itens mais importantes do projeto" - Davi Santos

Para ele não adianta criar um projeto de sucesso se o cliente não entende o valor real, ou percebido com a melhoria no produto, muito provavel que ele fracassará, principalmente porque o cliente não entende muito bem atributos intangíveis. Para atingir a Satisfação do Cliente os produtos devem ser feitos para as pessoas, a humanização dos produtos é um aspecto fundamental, pois estabelece uma interface e interação com elas.

FEEL THE FUTURE E ELLEN KISS DA RVD RESEARCH - CHARNEIRA NÓS COM ELES /NÓS SEM ELES - 2011



Começou hoje (03/10/2011) a Charneira 2011 - Semana Acadêmica de Desenho Industrial da PUC-PR, com a debate Pensando Design com os convidados: Kleber da  Puchsaki da Feel the Future e Ellen Kiss da RVD Research. 


Para Kleber Puchaski inovar não é preciso, design é preciso. No mundo atual inovar é uma realidade que está ligado diretamente ao mercado, ou você inova ou você está fora. O design ainda não é visto como uma ferramenta para ajudar nessa inovação, por isso a cultura de design é preciso nas organizações. Citou o príncipe Albert como motriz para a  Revolução Industrial  mostrando que sua invenção que tirou o homem da manufatura para a era das máquinas. São pessoas inovadoras como essas e tantas outras como Diter Rams (Braun) em que: Menos é mais, tornaram se o padrão da sociedade atual. O design  está se voltando aos serviços e devemos refletir no Pensar Design.  O design não é mais elemento de diferenciação é pré-requisito para qualquer organização, os pensamentos de Bauhaus que a forma segue a função, não fazem mais tanto sentido, e que o Design Thinking (solucionador de problemas) está mais evidente no momento. Para Puchaski  o design está divido em 4 áreas: 1. Colaborativo, 2. Experimental (errar, errar, errar), 3. Integrativo e 4. Interpretativo. "Pra mim essa é a essência do processo de inovação." - complementa ele.  
Ainda fala de  Tim Braun da Ideo discordando do seu ponto de vista  dizendo que o design não é uma disciplina, para ele é um processo holístico de soluções e oportunidades. 

Kleber ainda comenta sobre algumas vertentes do design:

SIGNAL - DESIGN DE SONS

Realmente é incrível como o som afeta nosso estado emocional, este vídeo demonstra muito bem uma nova realidade para o design que são os designers de sons. Muitas indústrias como a do entretenimento  e de jogos e estúdios cinematográficos já utilizam toda a capacidade de estímulos que servem para empreender e interagir com os aspectos cognitivos humanos.

СИГНАЛ / SIGNAL from Maxim Zhestkov on Vimeo.

IMPRESSORA CONCEITO - SWYP (SEE WHAT YOU PRINT)

Muito poucas pessoas discordariam que as impressoras de consumo estão estagnadas. O avanço das tecnologias digitais, os custos de impressão e aumentando as preocupações ecológicas pintar um futuro sombrio para a impressora como a conhecemos hoje. No entanto, você não vai ouvir as pessoas lamentam a perda da impressora, nem professam qualquer apego emocional a ele como como fazem com outras vítimas digitais, tais como livros, CDs, vinil, etc A principal razão é que, ainda hoje, do consumidor, impressão ainda é uma experiência complicada e dolorosa.

O problema com as impressoras não é que não temos a tecnologia necessária, mas sim que o projeto do núcleo e questões de usabilidade não foram totalmente resolvidas. OEMs (Original Equipament Manufatures) tradicionais estão a fazer melhorias incrementais acabam por excesso de complicar o que deveria ser um processo simples e produzindo mais caixas inchadas que ficam em nossas prateleiras.
http://www.artefactgroup.com/#/content/swyp

 Comentário:

O legal desse conceito, principalmente porque todo mundo já imaginou ver exatamente na tela o que vai ser impresso sem aqueles problemas chatos de calibrar cor, configurar página,  ou que parecia  melhor na tela do que na impressão. Outro problema é que as impressoras domésticas não fazem tanto sucesso por justamente a impressão sair mais cara do que mandar imprimir. Os cartuchos atuais são muito caros mesmo os manufaturados a qualidade as vezes deixa a desejar mesmo no modo de "Alta Qualidade". além de mensagens chatas e irritantes que não deixam utilizar sua impressora com apenas um cartucho, vide a porcaria que HP fez nos seus produtos, e as outras empresas estão seguindo o mesmo caminho.


SWYP: See What You Print from Artefact on Vimeo.

MINIATURAS - MAQUETE DE KNUFFINGEN AIRPORT

 Sempre gostei de coisas malucas, principalmente de miniaturas com luizinhas. São coisinhas tão divertidas de brincar,  mas dão um trabalho enorme pra fazer. Isso me fez lembrar da época de infância que eu fazia réplicas de satélites  e naves espaciais e pendurava com fio de naylon no teto do quarto. Hoje não sobra mais muito tempo para pirar e distrair um pouco com isso, mas é muito divertido ver essa maquete da Knuffingen Airport by Miniature Wunderland.


FUTURO DA MEDICINA - PROCESSO QUÍMICO DEIXA PELE TRANSPARENTE




Pesquisadores japoneses do Instituto RIKEN de Ciências do Cérebro anunciaram uma descoberta bastante curiosa: um processo químico capaz de tornar a pele humana transparente. Os primeiros testes foram realizados em embriões de ratos e, como você pode perceber na imagem acima, o resultado parece bem convincente.
Para conseguir a modificação na pigmentação dos tecidos, os pesquisadores utilizaram um reagente químico chamado ScaleA2. Valendo-se de técnicas de modificação genética, certas células são transformadas em elementos fluorescentes, permitindo que as estruturas biológicas internas possam ser visualizadas externamente a olho nu.
Apesar de a descoberta aparentemente funcionar, a técnica ainda não pode ser aplicada em tecidos vivos. Isso acontece porque, ao receber o reagente químico, as células morrem horas depois. Agora, a expectativa do grupo de pesquisadores é descobrir uma maneira de tornar compatíveis o reagente e os tecidos vivos.


Comentário:
No futuro os médicos não precisarão mais fazer tantos exames para diagnosticar as doenças,afinal algumas delas poderão simplesmente ser diagnosticadas a olho nu. Imagine no futuro como facilitará aos profissionais de saúde achar tumores, veias, injetando o líquido nos mais diversos tecidos sem dor, sem cirurgia? O lado negativo disso é que se não for reversível esse processo você ficará parecendo um zumbi do "Thriller" para o resto da vida. Além de que muitos engraçadinhos vão utilizar em seus corpos para sacanear os outros.

CONTROLE LOGITECH PARA TABLETS


(CNN) - A necessidade de prova de que o IPAD e os restantes dos tablets são orientados para jogar jogos? Agora eles têm seus próprios joystick.

A Logitech saltou para a briga de dispositivos e  acessórios com uma ferramenta que afirma o ajudará a evitar uma erros destinado evitar o  mal  funcionamento quando passa a navegar sobre o seu receptor aberto na zona de de tela.

O Joystick Logitech é claramente destinada a tornar a experiência de jogo no IPAD mais perto do que os jogadores têm vindo a conhecer e desfrutar de mais dispositivos de jogos dedicado.

"Ninguém gosta de perder um ponto ou ir até a derrota, porque perde o polegar a área de controle", diz a empresa em sua página na Web para o gadget $ 19,99 .. "O Joystick Logitech dá-lhe um polegar ponto-controlador de jogo de estilo para iPhone que você pode usar com qualquer jogo com um joystick na tela de um tablet".

O joystick é fixado na  tela do iPad ou tablets com ventosas, deixando o usuário movê-lo, dependendo do jogo. Uma mola espiral mantém a vara centrada.

O site lista 32 jogos que é compatível com o joystick. Essa lista é fortemente inclinada para jogos esportivos e atiradores que fizeram algumas mudanças em consoles de jogos tradicionais antes de ser retrabalhado para o IPAD.

Entre eles: "Madden NFL 11", "Call of Duty at War: Zombies", "FIFA '11", "Prince of Persia:. Warrior Within" e "Resident Evil 4"

Mais títulos casuais como "Cut the Rope" e "Ninjas Fruit" estão longe de ser visto, um aceno provável para o joystick Logitech já que o fato de que muitos desses jogos exigem pontos  múltiplos em vez de ser centrado, principalmente em um só lugar.

O Wall Street Journal observa que o produto faz parte de um maior enfoque sobre os acessórios para tablet pela Logitech, que tem lutado tanto com ascensão da Apple e tem prejudicado o seu comércio de acessórios para PC.

A CNET observou que o joystick já está  disponível para pré-venda nos Estados Unidos, estão definindo a data  para ser  lançado em setembro, o joystick é parecido com o Joystick Fling já disponível no mercado  que executa uma função semelhante e é oferecido ao mesmo preço.

BANHEIRA REXA

Uma banheira minimalista em forma de ovo. Essa é mais uma criação da empresa italiana Rexa; Podendo complementar qualquer banheiro contemporâneo com sua forma funcional, é ótima para guardar suas toalhas, loções e até livros, deixando o ambiente mais colorido. 



Para mim ela é muito mais do que isso, ela agrega, além da banheira uma forma convencional de pia e guarda objetos, só faltava mesmo acoplarem um sanitário! Seria perfeito (ou não)!!! A banheira convenhamos, são para pessoas magérrimas e anãs, pois naturalmente ninguém se sentirá confortável numa banheira dessas.

UM ROBÔ QUE VOA COMO UM PÁSSARO




Uma abundância de robôs que podem voar - mas ninguém pode voar como um pássaro real. Isto é, até Markus Fischer e sua equipe na Festo  terem construído o SmartBird, um robô, grande, leve, modelado em forma de uma gaivota, que voa batendo as asas. Uma demonstração no TEDGlobal 2011.

R-AID AMBULANCIA DE EMERGÊNCIA

Pensando no projeto de Fatores Humanos V onde desenvolveremos produtos para área médica e hospitalar, achei interessante esta idéia de Ambulância de Emergência sobre duas rodas, embora tenha alguns aspectos físicos e cognitivos que ele me deixou um pouco decepcionado, mas toda  idéia é bem-vinda.

R - AID   ( Road - Aid)

Os congestionamento e tráfego aumentam nas áreas urbanas significando perda de tempo crucial para equipes de emergência médica para chegar aos locais que precisam (confie em mim, eu vi que Los Angeles é um pesadelo pior para o médico). Projetado para salvamento vagueando em espaços reduzidos e ambientes, o R-aid é um  ambulância anexa otimizada para ser puxado por motocicleta (aqui, a Yamaha Tesseract conceito) que pode entregar rapidamente a atenção médica, onde há sua necessidade.

Apesar de sua metade do tamanho de uma ambulância, van regulares, o interior tem espaço para um motorista, um paramédico adicional, e o  paciente garantido, e todos os equipamentos necessários para salvar vidas.

Designer: Angel Lee





ELETRODOMESTICOS CONCEPT - DESIGN PUCPR

Passei um bom tempo sem postar justamente por conta deste trabalho,  mas valeu a pena. Seguem os trabalhos desenvolvidos de eletrodomésticos no 6º período do curso de Desenho Industrial - Projeto do Produto PUC-PR sob orientação de Aguilar Selhorst Júnior e Cachorrão (Renato Bordenousky Filho).



 Equipe Sundersen: Alexandre Soares, Rafael Camargo, Roger Mafra e Rubens Back
AQUECEDOR TÉRMICO -PIPOQUEIRA - COQUETELEIRA 


 Equipe MDM&Thyco: Monique Domaredzky, Thais Pacheco e intercambista MIaosi Zhu (China)
MINI GELADEIRA - BATEDEIRA 


 Equipe Klasa: Andressa Lombardo, Raquel Alves e Renan Lindner
BOILER - GRILL

Equipe Deep: Helder Ortiz, Marcos Cassemiro dos Santos, Thiago Dranka
TORRADEIRA - FERRO


Equipe Mansory: Eduardo Netto, Eduardo Niehues, Giancarlo Miranda
COOKTOP+FORNO - FRIGOBAR


Equipe Electrohome: Bruno Goto e Omar Pellizzari
BARBEADOR - CHAPA GRILL


Equipe Luminus: Aline Dias, Cíntia Soluchinsky e Fernanda Menegusso
GRILL - PURIFICADOR DE ÁGUA


Equipe IbiZa: Hadra Barbosa e Yasmin Van Bussel
SECADOR - DEPILADOR


ERA PARA SER ELETRODOMÉSTICO MAS SEMPRE 
TEM UM ENGRAÇADINHO QUE NÃO ENTENDE AS
COISAS E FEZ PRODUTO  NA CATEGORIA ARTESANAL

NÉ....MAYCON RSRSRSS

Equipe Bari: Esther Michel, Maycon Mello e Raphael Lavour
CREMEIRA - MOEDOR DE GRÃOS


Equipe Dynamique : Guilherme de Moura, Renier Holtz e Sabrina Haj Mussi
PANELA ELÉTRICA - JUICER


Equipe Pier Electro: Camila Silva e Thenylli Rosso
TORRADEIRA - FORNO ELÉTRICO


Equipe Flatiner: Gabriela Zanata, Larissa Gerscheweski e Raphael Ferreia 
MIXER - LIQUIDIFICADOR


HELIBOARDING COPTER

Heliboarding Copter?

Você já ouviu falar de heliboarding? Eu não tenho, mas aparentemente é uma sensação entre os aventureiros. O AvA 299 DROP é um helicóptero projetado para tirar snowboarders loucos de localidades não acessíveis por elevadores normais. A cabine inteira pode baixar  o suficiente  apenas para pular fora e esculpir sua participação através de uma montanha. As pás do rotor coaxial giram em direções opostas para fornecer mais potência e elimina a necessidade de um rotor de cauda para estabilização. O projeto também corrige uma série de problemas com rotores de uma única lâmina. 

Fonte: http://www.yankodesign.com/2011/04/21/heliboarding-copterava-299-drop/ 


Comenário: Se os princípios aerodinâmicos estiverem corretos essa eliminação da cauda torna-se um exemplo exímio de projeto de design. Embora tenha pouco conhecimento em princípios aerodinâmicos a cauda é indiscutivelmente um dos maiores fatores de instabilidade neste tipo de aeronave, não só pela força mecânica exercida pelo vento, mas também pela falta de visiblidade traseira que já ocasionaram inúmeros acidentes e desastres aéreos com helicópteros. Assim tornariam o aparelho mais seguro, porém  o que faltou foram  estudos de eventuais problemas que poderiam ocorrem com a aeronave com este novo design.















EMBALAGEM COM FUNDO AMERICANO OU SEMI-AUTOMÁTICO

Quer criar embalagens com outros tipos de fundo ao invés do fundo automático? Então utilize o fundo americano rápido, fácil e simples. Siga as dicas:



O fundo americano basta pegar um retângulo qualquer de X e Y e traçar uma mediatriz paralela a base do retângulo, então dividir o retângulo em três partes iguais e traçar dois angulos de 45º nos cantos.



Para criar a outra aba siga o mesmo processo só que agora você inverterá as linhas de corte.



Para criar as abas laterais basta pegar a media de Y por Z e  traçar a mediatriz, os ângulos de 45º e divida em 3 partes então você terá a base para reforçar as linhas da aba.



As outras abas são o mesmo procedimento do fundo automático, postado anteriormente. Segue modelo:

E por fim quando montar a sua embalagem não se esqueça que as abas de baixo devem ficar com os bicos voltados para fora no meio da figura que se assemelha a um tronco de pirâmide, e finalmente sua embalagem com Fundo Americano estará pronto!



linkwithin_text='Você pode gostar também:' Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...