DA FIBRA À GOMA COM BRUNO TEMER - CHARNEIRA SUPERNOVA 2014


A Goma é uma incubadora de design e de artistas, uma coworking carioca situada em uma zona abandonada do Rio de Janeiro. Fruto da marcenaria chamada Materia Brasil, Bruno Temer, afirma que empreender novas formas de trabalho aliados com engenharia e processos de materiais fez com que torna-se o diferencial do seu trabalho.

"O design é uma interface entre produto e consumo"- Afirma Bruno. Para ele o design pleno é sustentável, não é apenas no modelo que está em voga, privilegiando apenas o meio ambiente, mas além do meio ambiente: a sociedade e o modelo econômico. Tudo é um ciclo e a economia também girar de forma circular, tudo tem que fechar continuamente.



Seu trabalho sempre foi de valorizar os materiais e processos de produção garantindo a segurança desde a sua origem, abordando o aspecto humano e social onde o homem é parte do ambiente, e a biodiversidade está em valorizar tudo, inclusive o artesanato. A energia é passiva, é um ciclo energético no qual temos que devolver a natureza a energia que extraímos dela, pensando nos recursos como a água que é um bem escasso e limitado e tende a diminuir se não cuidarmos. 

A Gestão da Materia Brasil sempre foi de valorizar a biodiversidade e as formas de gestão - não com um sistema rígido ou modelo definido a ser seguido. "Se você só tem pique a trabalhar a noite, você inicia a noite e trabalha a hora que quiser".

Bruno Temer, presta ainda consultoria criativa para ciclos de produção  demonstrando para as pessoas que outros tipos de produtos podem ser viáveis e o mais importante para ele é que seu produto seja desenvolvido com ele, que tenha a sua marca. Pense fora da caixa, não é apenas um escritório de design ou uma coworking, nosso objetivo é gerar impacto positivo no que a gente faz.



A MATERIA BRASIL - FIBRA DESIGN

"Não adianta acumular conhecimento se você não compartilha. Não faz mais sentido dizer que isso era um diferencial de mercado". Pondera Bruno. "Leiam o livro Wikinomics". Como a colaboração em massa pode mudar o seu negócio e o mundo.

O design promove a mudança através do conhecimento. Sozinho você não aproveita o máximo do negócio e não muda a dinâmica do processo. Para isso é preciso ter resiliência, ou seja, quanto que comporta de carga no sistema.

Cita ainda o escritor futurista Alvin Toffler que diz que: ”Os analfabetos do próximo século não são aqueles que não sabem ler ou escrever, mas aqueles que se recusam a aprender, reaprender e voltar a aprender." E ainda cita  Michael Porter em que o velho modelo do capitalismo e da estratégia corporativa está morrendo.

A Goma é um espaço para empreender as pessoas para pensar de forma coletiva. A graça da inovação é não saber o que prever. Você não sabe o produto , o consumidor, como vai funcionar. Pequenas mudanças de produtos e serviços podem mudar a dinâmica do processo. Estamos todos conectados de alguma forma. Estamos mudando da consequência Ego para Eco do indivíduo para a casa, afirma Temer.

"A mudança de percepção é muito mais complexa; mudando nossa forma de interação" - Bruno Temer.

OS NOVOS MODELOS DE GESTÃO 

Não tem nada e não existe nada  pronto; 
É um caminho trilhado passo-a-passo por você, e não terá fim.
Não é simples, mas deve ser mudado.

Por isso o Codesign está em voga. Desenhar o espaço com as pessoas que ocupam aquele espaço está se tornando importante. Vejamos grandes intervenções urbanas que estão sendo realizadas. Assim como a Goma que apropriou-se de um prédio antigo em um lugar abandonado revitalizando o prédio e o entorno do bairro, fomentando uma nova visão do espaço para a cidade.

O Global Shapes é uma forma de conversação com as mega indústrias, apenas com uma única pessoa, totalmente disruptivo, disseminando conhecimento em todos os níveis. Bruno diz: "Na Goma todas as nossas contas são abertas". Referenciando que existe uma transparência na gestão financeira da empresa.


O mundo é de quem comparece. É um senso de pertencimento. A inovação não faz sentido se não for compartilhada. Por isso estamos promovendo novas formas de trabalho. O design é projetar futuros. Podemos transformar a vida das pessoas e não apenas o que a gente faz.

"Que tal o designer aparecer para resolver os grandes problemas existentes?"- indagou a platéia perturbado.

Abstrair o que  as coisas são , em algum momento desmaterializará as coisas. E também outras coisas exercerão a mesma função. Portanto, é preciso repensar nas funções dando um re-significado a elas. A função do objeto é atender primeiramente as suas funções básicas; a segunda é transformar a sua função e a terceira é abstrair da função e não perceber o objeto, embora talvez não seja aplicável no sentido real, mas em um nível mais teórico e conceitual.


Por fim mais descontraído Bruno Temer diz que a maturação da ideia deve-se ao tempo do processo de e execução e então surgem as novas possibilidades.





linkwithin_text='Você pode gostar também:' Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...