DEBATE APOCALIPSE COM HAROLDO DE PAULA E CONVIDADOS - ENCERRAMENTO CHARNEIRA 2012


DEBATE APOCALIPSE - Admirável Mundo Novo

O debate Apocalipse foi um debate proposto com estudantes participantes, opiniões do público e o professor Haroldo de Paula polemizando as discussões. Estiveram presente como mediador Luciano Maccio, os convidados Haroldo de Paula, Renier Holtz, Bruno e ? ?

Temos que ensinar o cliente o que fazemos e o que é design para eles, não podemos deixar que outras profissões assumam o papel de explicar ao público em geral o que fazemos, nem eles entendem realmente do que se trata, trata da metodologia e a forma com a qual aplicamos conhecimento pois a definição precisa do que é design não existe, o design pode ser considerado  uma filosofia um pensamento criativo. Em Curitiba segundo os debatedores faltam escritórios de design. " Trabalhamos sugados para agências de publicidade, e não há tantos escritórios de design em Curitiba, tipo ao meu ver a Tecdesign e a Megabox simplesmente são as únicas mais cotadas para trabalhar com produtos" - afirma um dos debatedores. 

Buscar o caminho de cada um é fundamental, basta saber aplicar a metodologia e cada um pode encontrar uma solução em uma área. Não percam tempo.Utilizem a universidade para aprender o maior número de coisa possíveis.



Renier Holtz conta que havia conhecido um engenheiro recém formado e participou de um projeto de beneficiamento de cana-de-açúcar. O cara perguntou se ele tinha alguma experiência na área. Ele respondeu retoricamente que não tinha conhecimento nenhum, mas podia aprender  O cara foi lá correu atrás e aprendeu e acabou ganhando a licitação do projeto - Design é isso não limitar-se diante da falta de experiências e das dificuldades.

O designer é do tipo de pessoa  que acha que está a par das coisas  e não sabe se expressar de outra forma que não seja do modo formal. Acha que o cliente não lhe da credibilidade por conta de sua postura profissional. Quando você lida com pessoas  você direciona  o seu approach conseguindo convencer de forma natural, o designer ensina e difunde o seu desenvolvimento e tudo se resolve - O cliente quer resultados e uma postura profissional de conhecimento do assunto não um escritor um gramático ou um ator.

Para Haroldo de Paula os  designers maloqueiros ( no sentido de rebeldes, subversivos) são aqueles que pensam e movimentam o mundo. O exercício da filosofia de Nietzsche, não é o cara que se distancia para isolar-se  e ver o mundo  num plano mais amplo, acima da montanha. A bagagem de um veterano é muito maior  e faz com que ele perceba a erupção filosófica do assunto. O Admirável Mundo Novo de Aldous Huxley retrata o fim do mundo a corrupção  a destruição humana, projetada pelo deus mercado.

Haroldo ainda comenta que o Purungo faz mais sucesso que a Charneira entre os veteranos pelo fato de escancarar os horizontes e discutir um embasamento de filosofia que é mais subversiva. Ainda crítica que a inovação elemento essencial para o design foi degenerado através da educação básica no modelo de pós-modernismo. A educação foi pasteurizada e o ensino tecnicista livrou alguma gerações da dimensão crítica e inovadoras. Foi destituído a politica pela economia passando a politica serviu ao capital. No início da Revolução Burguesa, a Mercantilista e Industrial pós moderna essa revolução traiu o modelo inicial de favorecer as massas e passou a controlar com mãos de ferro o governo. A partir da minha geração ninguém mais lutou por causas relevantes alienadas, subversivas. Hoje temos um modelo já em decadência mas infelizmente você não consegue se livrar desse modelo, senão você não consegue sobreviver fora dele. 

Acabou agora sendo deus no design o mercado. O design vive para o mercado, influência o mercado, e o designer corrobora o mercado. 

 O que  Ghandi fez para derrubar uma ditadura? Não usou armas, não usou força, não usou violência. Ele criou uma revolução com uma idéia. Vocês são designers e flertam com  arte, a arte é algo que foge as regras é subversivo, não se liga a métrica, não se liga a religião, não se liga a lógica,  não se lig a política, não se impõem na arte e não se impõem na filosofia. É algo extraordinário pois o design não está preso a nenhum desses elementos.

"Como já dizia Victor Papanek: O design é muito mais que o projeto é uma solução." - disse um dos participantes. 

Eles tiram o senso crítico e a lógica e vocês não obedecem a arte. Vocês estão a 30 anos tentando se organizar como uma organização como algo representativo e até hoje nunca saiu do papel, foram até tentativas no CREA para aliar-se lá mas não deu. O CREA não servia para vocês até os arquitetos já estão saindo de lá. Vocês não querem se constituir como uma organização porque vocês são livres.

Não há limites o parâmetros regindo e limitando-os.

O design pra mim é assim: É um modelo pós moderno que ninguém chega a um consenso nenhum o do conceito do que é design, cada um tem sua perspectiva não constroem nada no coletivo no sentido de definir algo é um minimalismo que todo mundo fica limitado se organiza ao seu modo.

Outra questão levantada é quanto ao talento. Será que você já nasce designer, ou você adquire, ou você é tem capacidade de transformar-se enquanto individuo um designer. O principal ponto para se tornar um designer  é você mesmo questionar o seu trabalho, tirar conclusões próprias e saber o que está fazendo sem precisar constantemente de um feedback e saber classificar o que proposta de trabalho está fazendo enfatiza um dos participantes.

Já para Haroldo de Paula o que falta no design é criar movimentos de vanguarda.

" O Movimento de vanguarda dói, é um transformador, é uma ruptura de um mundo, e a construção de um novo...".

Finaliza  a Charneira  falando que um cara subversivo foi Arrigo Barnabé que previu a genética até muito antes do seu tempo, e acaba declamando a canção Clara Crocodilo:

São paulo, 31 de dezembro de 1999. falta 
Pouco, pouco, muito pouco mesmo para o 
Ano 2000 e você, ouvinte incauto, que no 
Aconchego de seu lar, rodeado de seus 
Familiares, desafortunadamente colocou 
Este disco na vitrola, você que, agora, 
Aguarda ansiosamente o espocar da 
Champanha e o retinir das taças, você, 
Inimigo mortal da angústia e do 
Desespero, esteja preparado... o pesadelo 
Começou. sim, eu sei, você vai dizer que é 
Sua imaginação, que você andou lendo 
Muito gibi ultimamente, mas então por 
Que suas mãos tremeram, tremeram, 
Tremeram tanto, quando você acendeu 
Aquele cigarro... e por que você ficou tão 
Pálido de repente? será tudo isto fruto da 
Sua imaginação? não, meu amigo, vá ao 
Banheiro agora, antes que seja tarde 
Demais, porque neste mero disco que você 
Comprou num sebo, esteve aprisionado 
Por mais de 20 anos, o perigoso marginal, 
O delinqüente, o facínora, o inimigo 
Público número 1, clara crocodilo... 

Quem cala consente, eu não me calo 
Não vou morrer nas mãos de um tira 
Quem cala, consente, eu desacato 
Não vou morrer nas mãos de um rato 
Não vou ficar mais neste inferno 
Nem vou parar num cemitério 
Metralhadora não me atinge 
Não vou ficar mais neste ringue 

Ei, você que está me ouvindo, você acha 
Que vai conseguir me agarrar? pois então, 
Tome... 
Já vi que você é perseverante. vamos ver 
Se você segura esta... 
Meninas, vocês acham que eles querem 
Mais? 
Querem sim! 
Você, que então é tão espertinho, vamos 
Ver se você consegue me seguir neste 
Labirinto. 

Clara crocodilo fugiu 
Clara crocodilo escapuliu 
Vê se tem vergonha na cara 
E ajuda clara, seu canalha 
Olha o holofote no olho, 
Sorte, você não passa de um repolho 

Onde andará clara crocodilo? onde 
Andará? será que ela está roubando algum 
Supermercado? será que ela está 
Assaltando algum banco? será que ela está 
Atrás da porta de seu quarto, aguardando o 
Momento oportuno para assassiná-lo com 
Os seus entes queridos? ou será que ela 
Está adormecida em sua mente esperando 
A ocasião propícia para despertar e descer 
Até seu coração... ouvinte meu, meu 
Irmão? 



Seguem fotos da Chaneira 2012 - Fim do Mundo - Apocalipse apoteótico - Admirável fim do mundo





























 Quer mais? Esperem Chaneira 2013
linkwithin_text='Você pode gostar também:' Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...