GUMDROP - CHICLETES VIRA BORRACHA


Não é novidade que cuspir chicletes em calçadas e ruas causa um imenso estrago às cidades e um aumento do investimento por parte dos governantes. Na Europa, por exemplo, segundo o jornal The Guardian são aproximados R$ 400 milhões anuais só para retirar as gomas de mascar presas no asfalto. Mas, uma nova invenção promete transformar a sujeira em tecnologia.
A designer londrina Anna Bullus percebeu que uma nova maneira de acabar com os chicletes na calçada deveria ser encontrada. Então, em laboratório, ela criou uma forma de transformar chicletes mastigados em borracha, que pode ser usada em qualquer produto, de brinquedos a peças de roupa.

Foram oito meses de pesquisas tentando transformar os chicletes velhos em um novo material que pudesse ser moldável e resistente. Adicionando alguns ingredientes (que ela faz questão de omitir por segredo industrial), ela extraiu um polímero, intitulado BRGP (sigla criada por ela e que quer dizer Bullus Recycled Gum Polymer).


Chicletes são um grande problema para as grandes cidades

Com essa substância ela confeccionou uma espécie de bolha rosa coletora de chicletes, chamada Gumdropbin, que está sendo testada nas ruas de Londres. Sempre que esses recipientes estão cheios, quer dizer que mais BRGP será produzido e, possivelmente, outros produtos também.
"A invenção é uma solução perfeita para este problema dos chicletes", diz Anna a um jornal local. Ela ainda cita que mais de 3,5 bilhões de chicletes são descartados todos os anos, muitos acabam parando nas calçadas, mas esses coletores podem transformar os doces em algo novo.


A borracha virou um coletor de chicletes


Apesar da ideia criativa, alguns desafios foram encontrados. Por exemplo: como fazer com que as pessoas depositem apenas chicletes e não utilizem o coletor para jogar fora outros tipos de lixo? Anna acredita que tudo depende da forma como as pessoas encaram o projeto. "Se o coletor for um serviço útil, então poderia salvar milhões de cidades da sujeira, e ainda diminuir as horas gastas com a limpeza dos sapatos", comenta.

Até o momento os coletores estão depositados apenas em Londres, Inglaterra, e em Nova Jersey, nos Estados Unidos. Se o projeto tiver êxito, a designer pensa em começar a trabalhar para a comercialização da técnica, até mesmo para a criação de outros produtos. "Eu adoraria confeccionar botas de borracha feitas de chiclete", diz.






Site Oficial:
http://annabullus.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

linkwithin_text='Você pode gostar também:' Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...